Portal Serviços Detran Rondônia  


Recurso de infração

Desde que o condutor tenha sido autuado/multado de forma ilegal, ou seja, que a multa tenha sido aplicada irregularmente (de acordo com o art. 280 do CTB), é possível recorrer. Cabe à JARI (Junta Administrativa de Recurso de Infração) o julgamento dos recursos.

Para recorrer é preciso juntar as informações sobre a ocorrência para que possa ser provada a ilegalidade da cobrança, preencher um formulário de recurso (disponível para download abaixo), e protocolar junto ao órgão autuador. No DETRAN, só recorre-se e parcela autuações e multas emitidas pelo próprio DETRAN. Caso a autuação seja da prefeitura, deve-se procurar a Secretaria de Trânsito (SEMTRAN).

Em até 30 dias a infração é cadastrada e fica disponível em nossa central de consultas. Somente o proprietário do veículo pode apresentar recurso, ou cidadão com procuração emitida em cartório especificando poderes para transações no DETRAN.

Para efetuar o recurso, é necessário:

  • RG, CPF
  • CNH
  • Comprovante de residência (emitido até 60 dias)
  • Documento do veículo (CRV ou CRLV)
  • Recurso preenchido e assinado pelo proprietário

Abaixo os modelos dos recursos:

Recurso de defesa da autuação – Primeira Instância
Recurso de defesa da JARI – Segunda Instância
Recurso de defesa do CETRAN – Terceira Instância

Com esses documentos em mãos, dirija-se à CIRETRAN ou qualquer posto de atendimento do DETRAN-RO para protocolar o recurso. Ele é julgado em até 30 dias e a resposta é enviada para o endereço atualizado do proprietário, e também divulgada em nosso site.

 

Parcelamento de multas:

O parcelamento de multas só é feito para multas emitidas pelo DETRAN-RO. Cada parcela deve ter um valor mínimo de R$ 52,00 e a multa é parcelada em no máximo 10 vezes. Nesse caso, deve-se dirigir à CIRETRAN ou posto de atendimento para efetuar o serviço.