Portal Serviços Detran Rondônia  


Diretoria de Educação de Trânsito irá orientar pais e alunos na volta às aulas a partir de segunda-feira

detran_volta-as-aulas_-ana-valeria-01-02-2017-jeferson_mota-1-7

O ano letivo da rede estadual de ensino de Rondônia, de vários municípios do estado e rede particular inicia nesta segunda-feira (6). Pensando na segurança de pais e alunos, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RO) promoverá a campanha “Volta às aulas” para conscientizar pais e alunos sobre a importância de tomar alguns cuidados nas vias públicas e garantir a segurança no trajeto de ida e volta à escola.

A diretora interina de Educação de Trânsito, Ana Valéria Rodrigues Andrade, disse que a campanha “Voltas às Aulas” irá intensificar a partir da próxima segunda-feira os pit stop e as blitzes educativas visando atingir o público alvo. “Vamos orientar os pais e os alunos para que tenham segurança ao fazer o percurso de casa para o colégio e vice-versa”, reforçou.

A campanha irá orientar quem vai para a escola de carro, de motocicleta, de bicicleta e a pé. Segundo Ana Valéria, todos têm responsabilidades no trânsito, com a sua vida e com a vida de terceiros. Os pais que levam os filhos de carro para a escola devem manter o veículo em condições de uso, com revisões em dia. Crianças até um ano devem ser transportadas em cadeirinhas de bebê conforto presas com o cinto de segurança e sempre de costas para o banco da frente. Jamais levar o bebê no colo.

Crianças de 1 a 4 anos devem viajar na cadeirinha apropriada para o seu peso e altura, com o cinto de segurança afivelado. A melhor posição para a cadeirinha é no meio do banco traseiro. De 4 a 10 anos deve usar suporte especial para adequar a altura da criança ao correto posicionamento do cinto de segurança. O assento de elevação deve estar preso ao cinto. Jamais usar almofadas, travesseiros ou outros objetos soltos, pois em caso de freada podem escorregar e causar o estrangulamento da criança. Após 10 anos, a criança pode sentar no banco dianteiro ou traseiro, sem a necessidade de suporte especial, mas com o cinto de segurança, desde que tenham altura que permita dobrar os joelhos na borda do assento sem tirar as costas do encosto do banco.

Os pais que levam os filhos para a escola de motocicleta também devem respeitar as orientações da legislação de trânsito. “É comum o pai chegar à porta da escola carregando mais de uma criança na garupa da motocicleta. Isso é proibido por lei”, afirmou. Tanto a criança quanto o adulto devem usar capacete compatível com o tamanho de sua cabeça. “Uma criança usando um capacete de um adulto não estará protegida”, destacou a diretora.

A bicicleta também é um veículo muito utilizado no transporte de alunos. Muitos pais transportam os filhos na garupa da bicicleta e muitas vezes a própria criança vai sozinha de bicicleta para a escola. No trânsito também existem regras para quem conduz bicicleta. “O condutor deve trafegar sempre na mesma direção dos veículos, nunca na contra mão, quando isso acontece, o risco de acidente aumenta”, afirmou Ana Valéria, completando que quando for atravessar a faixa de pedestre o ciclista deve descer da bicicleta e empurrá-la sobre a faixa.

Por fim, o pedestre também é alvo da campanha, pois a pessoa que anda a pé nas vias públicas também deve seguir as recomendações da lei de trânsito. O pedestre deve caminhar sempre sobre a calçada e ao atravessar a rua deve fazer na faixa específica para ele, mas antes de atravessar deve se certificar se o veículo vai parar para que possa atravessar com segurança. Se perceber que o carro não vai parar, acene para que seja percebido pelo condutor do veículo.

Fonte
Texto: Eleni Caetano
Fotos: Jeferson Mota
Secom – Governo de Rondônia