Portal Serviços Detran Rondônia  


Servidores do Detran iniciam campanha de doação de sangue em Porto Velho

Com aproximadamente 150 servidores do Detran  voluntários inscritos, a Coordenadoria de Qualidade do Detran iniciou na manhã dessa quarta-feira (05) uma campanha de doação de sangue em Porto Velho. A motivação da ação partiu da divulgação do caso da recém-nascida Alice, que nasceu diagnosticada com leucemia congênita e necessita diariamente de  bolsas de sangue para tratamento da doença. No primeiro dia de doação 30 servidores da Autarquia foram encaminhados para o Fhemeron onde passaram pela triagem obrigatória, seguida da coleta que acontecerá nos dias 5,6, 10 e 11 de outubro.

Aleff Costa, de 20 anos, estagiário da Gerência Financeira, aguardou pacientemente a vez de entrar na sala de coleta. Soube da mobilização e manifestou a vontade de doar junto aos colegas da autarquia. “O importante é salvar vidas”. Disse.

Para o Assistente Social da Fhmeron essa mobilização é muito importante, mas espera que as pessoas se fidelizem e doem mais vezes.  “Nós entendemos a comoção, esse gesto das pessoas, mas é importante que elas entendam que tem inúmeros pacientes nos hospitais, todos os dias, precisando de sangue, e que a Fhemeron é responsável por fazer a captação, sorologia e fazer a distribuição em todo o estado de Rondônia para a rede pública e particular. Precisamos de estoque estratégico. A comoção passa e as pessoas somem. Precisamos de doadores fidelizados”, ressalta Dimarães.

De acordo com o Diretor-Geral Adjunto do Detran, Antônio Manoel Rebello, a história da recém nascida além de comover, também despertou o desejo de ajudar quem precisa. “Nós ficamos comovidos com a história e motivamos nossos servidores a ajudar não só a pequena Alice, mas a todos os cidadãos que precisam de sangue em nosso Estado”, disse Antônio Manoel destacando que ajudar o próximo é dever de todos, doar sangue é uma maneira simples de salvar uma vida.

“Sabemos que o número de bolsas em nosso banco de sangue nunca é o bastante, se pudermos despertar a preocupação de nossos servidores certamente mais vidas serão salvas em nosso Estado”, para o Diretor Geral do Detran, José de Albuquerque Cavalcante, é preciso motivar para formar novos grupos de doadores tanto na capital quanto nas cidades do interior do Estado.

Requisitos básicos para ser doador:

– Ter entre 16 e 69 anos (o candidato para doação de sangue com idade entre 16 e 17 anos necessita de autorização e presença dos pais (pai ou mãe) ou responsável legal, durante todo processo da doação de sangue)

– Ser saudável

– Pesar acima de 50kg

– Repouso mínimo de 6 horas na noite anterior

–  Evitar alimentos gordurosos antes da doação

– Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores

– Apresentar um documento oficial com foto

detran-fhemeron-01